quarta-feira, 28 de outubro de 2015

LANÇAMENTOS FILA



FILA traz inovação para o mercado de Running

Baseada em uma tecnologia única e inovadora, a marca traz quatro modelos com propósitos diferentes que chegam às lojas em outubro.

A marca FILA dá mais um passo, ou melhor, uma grande passada no mercado de running com o lançamento da performática e tecnológica linha FILA Energized. A novidade reúne quatro modelos de tênis de corrida, dedicados cada um para um tipo de corredor diferente, porém todos com a mesma tecnologia: Energized Ribbons®. Trata-se de um sistema de amortecimento biomecânico exclusivo da marca que conta com unidades independentes que potencializam a absorção de impacto e traz maior suavidade para a transição da passada e se adaptam a cada momento da pisada. O desempenho dos produtos foi comprovado pelos corredores mais rápidos do mundo, os campeões quenianos, membros FILA Kenya Running Team.

Esse é o cenário que embalou a equipe de criação da FILA para trazer no mês de outubro quatro novos modelos de tênis para o mercado nacional. Os calçados representam os lançamentos de running da marca para o segundo semestre de 2015. As novidades ficam por conta dos produtos performance: ZIMWI, MASAI e KASI. E mais: o já tradicional Kenya Racer chega a sua terceira geração. Unindo performance, conforto e estilo, a linha é dotada de opções para todos os tipos de corredores.

Puxando esse pelotão de elite está o ENERGIZED FILA ZIMWI, sinônimo de máximo conforto e amortecimento. Inspirado na lenda de Zimwi, que transforma o medo em motivação, o produto foi desenvolvido para auxiliar os corredores a superarem seus medos/desafios e encontrarem o melhor potencial dentro de si. Extremamente confortável e estável, o calçado conta com dupla camada de amortecimento com a tecnologia Energized Ribbons®, responsável por oferecer melhoras na performance biomecânica de corredores. Ideal para treinos longos e corridas de recuperação muscular.

ENERGIZED FILA ZIMWI

Cabedal: duas camadas de mesh super-respiráveis e fusionadas compõem o cabedal sem costura, evitando atritos e garantindo um fit perfeito ajustado ao pé. Para a segurança dos corredores noturnos, parte do cabedal é composta em mesh refletivo e o exoesqueleto semirrígido na parte traseira carrega pintura bioluminescente.

Solado: exclusiva tecnologia Energized Ribbons® aplicada em duas camadas com densidades distintas entregam o máximo de amortecimento do impacto em todas as fases da passada e estabilidade.

Pisada: Neutra / Peso: 345g / Drop: 10 mm / Preço: R$ 799,90

Na sequência estão o ENERGIZED MASAI, inspirado nos velozes caçadores da tribo Masai, localizada no Quênia, testado por mais de 1.000 quilômetros sem perder o seu potencial; e o ENERGIZED KASI, projetado para uma transição rápida e conforto na extensão plantar. 

Além de tecnologia e performance, uma intensa pesquisa de toda equipe FILA foi feita sobre a cultura e os costumes africanos, que tradicionalmente compõe o perfil dos melhores corredores do mundo. Lendas e tribos locais inspiraram os designers da marca para criarem o que há de melhor em design, tecnologia e inovação, auxiliando os corredores na superação de seus medos e desafios com o objetivo de alcançar o ponto mais alto do pódio. 

ENERGIZED MASAI
Cabedal: aerodinâmico e sem costura, composto em mesh para auxiliar a respiração. 

Solado: tecnologia Energized Ribbons com amortecimento especial no retropé.

Pisada: neutra / Peso: 305g / Drop: 10 mm / Preço: R$ 399,90

ENERGIZED KASI
Cabedal: camada em mesh de nylon super-respirável compõem o cabedal sem costura, evitando atritos e garantindo um fit perfeito ajustado ao pé.

Solado: tecnologia Energized Ribbons aplicada em uma peça única por toda a extensão da sola que estimula uma transição rápida e canaliza a energia da passada do impacto até a propulsão.

Pisada: Neutra/ Peso: 317g / Drop: 10 mm / Preço: R$ 499,90

ENERGIZED KENYA RACER 3

Terceira geração de um fenômeno da marca, produto oficial do FILA Kenya Running Team, vencedor da Meia Maratona Internacional do Rio de Janeiro 2015, o ENERGIZED KENYA RACER 3 (KR3) foi elaborado com a participação ativa dos atletas quenianos, desenvolvido para corredores e entusiastas do esporte que procuram por performance, leveza e amortecimento.

O KR3 pesa 176g, 70g a menos que o antigo modelo da linha. O calçado ainda apresenta novas tecnologias no solado, além de cabedal completamente reformulado. É ideal para quem busca quebrar suas próprias marcas.

Destaque também para tecnologia Energized Ribbons® presente no produto, que faz do KR3 não só uma opção para atletas de alta performance, mas também para quem busca amortecimento, sem perder a característica minimalista.

ENERGIZED KENYA RACER "KR3"
Cabedal: mais leve e resistente que as versões anteriores, o novo cabedal é aerodinâmico e sem costura, garantindo um fit perfeito ajustado ao pé.

Solado: tecnologia Energized Ribbons para maior amortecimento e durabilidade, além de melhor devolução da energia de impacto.

Pisada: neutra / Peso: 176g / Drop: 8 mm / Preço: R$ 299,90

Divulgação: FILA


sábado, 24 de outubro de 2015

CAMISETA CORRE SAMPA



Novidade Corredores!

Depois de um longo projeto chegaram as Camisetas Corre Sampa! Uhulll...


Para quem ficou interessado, basta mandar um email para corresampa@gmail.com com seu CEP e aguardar os próximos passos.

R$ 40,00 + frete (modelos: feminino e masculino)
*tamanho sujeito a disponibilidade. 

#USECORRESAMPA






#USECORRESAMPA


quinta-feira, 22 de outubro de 2015

RESULTADO - ECO RUN



Olá, Corredores!

Essa foi minha 23ª Corrida do Ano - Circuito Eco Run 5K

Uma semana após a maratona e sem muito tempo para descansar estaríamos prontos? Claramente que não. Fomos para curtir a prova e sentir como as pernas iriam reagir.



A Beta estava com um incômodo na perna esquerda, eu sem saber o que esperar, optamos pelos 5K ao invés dos 10K que estávamos inscritos.


Planejamos fazer um trote leve pelo percurso e largamos na parte de trás dos pelotões.


Infelizmente nos primeiros 500 metros percebi que a Beta mancava bastante e achei melhor não forçar. Começamos a caminhar e assim fomos até o final. Melhor não arriscar com a chance de agravar a dor e ficar mais tempo em recuperação. De qualquer forma foi maravilhoso ficar só no blá blá blá run incentivando os amigos.




Confira aqui seu resultado: RESULTADOS

Fotos oficiais:


Onde achar suas fotos:
www.ativo.com
www.olhonoatleta.com


Até a próxima!


terça-feira, 20 de outubro de 2015

NIKE - VEM JUNTO




BRASIL CORRE COM NIKE VEM JUNTO

Sabe aquela vontade que você tem de fazer aquela correria pelo seu bairro, sua cidade, seu País? É vontade de se mexer... E seja qual for o seu motivo, pode ter certeza que existe mais gente disposta a vir junto com você.


O cenário vibrante da corrida no Brasil vem transformando pessoas e comunidades, reunindo corredores para desencadear uma revolução por meio do esporte.

A Nike fez o lançamento da campanha Vem Junto, um convite para os jovens correrem por uma razão, uma paixão, uma causa... e convidarem mais pessoas e se unirem ao movimento de transformação por meio do esporte.

Foram selecionados quatro pacers do Nike+ Run Club para fazerem corridas inspiradas em suas histórias. A primeira rolou no último sábado em Sampa com a minha amiga Kiki. As próximas acontecem no Rio de Janeiro com o Léo, Kalil e a Rapha.





A plataforma on-line Vem Junto permitirá que os corredores levem suas ideias e motivações para moradores de suas comunidades e muitas outras que poderão se juntar a eles via Nike+ Running App.

A partir de novembro, a funcionalidade da plataforma será ampliada e qualquer um poderá criar corridas baseadas em suas próprias paixões e causas pessoais no site www.nike.com/VemJunto e convidar seus amigos para aderirem ao movimento.

Com certeza eu farei a minha e depois passo para chamar todos vocês. Vem Junto?! NikePlus/CorreSampa



sexta-feira, 16 de outubro de 2015

RESULTADO - MARATONA DE BUENOS AIRES




Olá, Corredores!

Essa foi minha 22ª Corrida do Ano - Maratona de Buenos Aires.

Uma das maiores maratonas da América do Sul teve um número recorde de inscritos: 11.225. Sendo aproximadamente 1.518 brasileiros. Sempre ouvi falar muito bem de todos os quesitos dessa prova, mesmo assim ela não estava em meus planos para 2015. Ao começar meu namoro com a Roberta fiquei sabendo que ela participaria. Logo, mesmo com intervalo curto entre a Maratona do Rio, decidi confirmar minha inscrição.

Expo Maratón - Arnet 2015
A entrega de kits começou na sexta feira com grande aglomeração de atletas. Cheguei à Argentina no sábado e fui pra a feira perto das 11 horas. Passei por todos os estandes e tive que encarar uma grande fila do kit.


Procurei por alguma camiseta de corrida que representasse a prova ou até mesmo a Argentina.. Não achei! Palestras aconteceram durante o dia e acompanhei alguns trechos.


Encontramos alguns amigos, experimentamos alguns suplementos e depois de uma hora fomos "turistar" um pouco. A noite nos reunimos para o tradicional jantar de massas com esses queridos corredores.


Dormir cedo é obrigação para mim antes de uma maratona. Faz parte da estratégia para evitar ao máximo que fatores externos a corrida me prejudiquem.

Meu objetivo principal era sair em busca de um recorde pessoal, mesmo sabendo que a preparação não foi das melhores. Foram três meses de treinamentos com a incerteza da minha participação. As vezes me sentia desmotivado e não tinha de onde tirar forçar para fazer tantos tiros às 22h sozinho na USP. Fui liberado pelo trabalho apenas duas semanas antes da viagem e a empolgação veio em dobro. Toda aquela angustia anterior veio em forma de força para eu ir atrás dessa conquista.

Durante esse período só dividi isso com a Beta, que foi fundamental em todo apoio que me deu, e com minha família. Obrigado por estarem comigo sempre levantando meu astral. Nem para a Joice (treinadora) eu falei...

Hora de separar e fazer o check list do KIT.


Às cinco da manhã já estávamos de pé para o café da manhã no quarto. Amanheceu bem frio como previsto 10º C. Adoro correr com baixas temperaturas e isso sempre foi um ponto positivo. O problema foi chegar à arena e ficar aguardando. Meus dedos não se mexiam. Aos poucos o Sol veio dar uma ajuda e amenizou a sensação térmica.


O tempo passou rápido e fiz um breve alongamento. Beijo na Beta com o desejo de boa prova e fomos para o Pelotão Rosa. Ficamos em uma ótima posição de largada. Até parece que não estávamos ansiosos!

Defini minha estratégia da seguinte forma: Passar a meia maratona com um pace médio de 04'55 em 01h43'44 e depois acelerar um pouco o ritmo.


Tudo certo para a largada? Não! Pela primeira vez me deu dor de barriga e tive que tomar uma decisão. Restavam 7 minutos para a largada e optei por não arriscar todo meu treinamento em troca da posição. Pedi passagem e saí correndo em direção ao banheiro químico... (Ufa!) Não demorou muito e tentei voltar para encontrar a galera, mas era impossível entrar. Somente após a sirene da largada consegui entrar aos poucos. Infelizmente não pude ir com o meu parceiro Will como combinado. Bola para frente, foco na prova e comecei a me sentir melhor.

Seguem duas imagens oficias da largada para vocês terem noção do mar de maratonistas participantes!



Larguei numa boa segurando toda a empolgação. A energia estava perfeita e a festa estava pronta. A vontade era de acelerar, mas a razão conseguiu me segurar. Tentava não olhar muito para o relógio e controlava em cada volta concluída. Primeiro K em 04'53, segundo K em 4'54 e nessa média fui evoluindo um a um. Próximo a placa do KM 3 encontrei a Carol e fomos quase juntos até cruzar os 21K.
---------------
Preciso obviamente ressaltar o percurso com ruas largas e planas na maioria do trajeto. Passamos também por belas paisagens e por muitos pontos turísticos como o Obelisco, o Cabildo, o Teatro Colón, Plaza de Mayo, o Bosques de Palermo, La Boca, Puerto Madero e da Casa Rosada, entre outros.

Postos de hidratação bem distribuídos e informados previamente: 5, 10, 15, 20, 25, 27.5, 30, 32.5, 35, 37.5, 40, mais seis pontos com isotônicos. Também foram oferecidas frutas, banana e laranja, em outros quatro pontos. Somente elogios e sem observações.
---------------
A primeira parte foi confortável e estava seguro, mas a prova começaria para mim naquele momento. Bateu uma vontade enorme de sentar o pé. Soltei o corpo e no 22K fiz em 04'37. Tudo dando cada vez mais certo, segui firme e a melhor volta foi registrada no 31K em 04'28.

Como nem tudo são flores, a preocupação e o desgaste chegaram perto dos 35K. A média começou a subir e comecei a fazer mais força. Nos 37K encontrei meu parceiro Will e percebi que não estava muito bem. Tentei incentivá-lo para ir comigo, mas ele tinha passado mal e preferiu não arriscar.

Restavam apenas 5K para o final e meu pace médio marcava 04'53. Nessa hora fiquei com medo de não alcançar meu recorde de 03h26'14. Para minha sorte passou um casal de Uruguaios que vinham com uma passada bem firme. Mirei atrás do cara e não deixei eles desgrudarem. Os posteriores das coxas queimavam e as panturrilhas ardiam. Mentalizei a famosa frase: "A dor é passageira, a vitória é eterna!"

Contagem regressiva até avistar o pórtico e ter a certeza de ter dado o meu máximo e talvez fazer o melhor tempo da minha vida em uma maratona. Assim cheguei com uma alegria absurda de alcançar o inesperado. Cruzei a linha com a certeza de mais um Recorde Pessoal batido por mais de dois minutos. O resto de adrenalina correu pelo corpo e a sensação é inexplicável. Só quem corre sabe... Muitas coisas passaram pela minha cabeça e só agradeci.

Passei para pegar a medalha e minha alegria aumentou ao descobrir que tinha alcançado o TOP 1000. Uhulllll...  Isso em uma prova com um número tão grande de inscritos e de nível elevado foi um feito bem considerável para mim!


Missão cumprida? Ainda não.. Voltei uns 200 metros para acompanhar a chegada da Beta. Fiquei na torcida por todos os Brasileiros que por ali passavam... Até ver uma loira linda vindo com um baita sorrisão no rosto.


Ao passar por mim, demos as mãos e a acompanhei até a linha de chegada. Lembrei-me de tantos percalços que passamos juntos para chegar até lá... Foi mais do que merecido e será inesquecível! Feliz em retribuir o que fez comigo no Rio. Te Amo!


Meu Resultado:
Tempo Bruto: 03:24:50
Tempo Líquido: 03:24:18
Velocidade Média: 12,3 Km/h
Pace: 04:50

Classificação:
Geral: 919º Colocado / Com mais de 8.771 atletas concluintes.
Por Sexo: 869º Colocado / Com mais de 6.807 atletas concluintes.
Por Categoria: 172º Colocado / Com mais de 1.055 atletas concluintes.

Confira aqui seu resultado: RESULTADOS

video


Masculino
Primeiro: Jonathan Chesoo (KEN) - Time: 02:12:24
Segundo: Julius Wahome (KEN) - Time: 02:12:45
Terceiro: Daniel Rono (KEN) - Time: 02:14:09

Feminino
Primeira: Gebrene Abeba (ETI) - Time: 02:30:33
Segunda: Beatrice Toroitich (KEN) - Time: 02:30:35
Terceira: Rosangela Farias (BRA) - Time: 02:38:40





Onde achar suas fotos:
www.fotorun.com.ar
www.sportphotos.com.ar
www.fotosdemaraton.com

Onde achar o vídeo de sua chegada:
www.parexklaukol.com.ar


Até a próxima!